“A protagonista deste livro é a saudade. Saudade essa que foi relembrada ao vislumbrar a arquitetura de cada cidade visitada. Desde a cidade invicta, que é a morada da autora, até à imponente cidade que nos avista do outro lado do oceano, várias cidades fazem a autora recordar o seu cúmplice nesta história de amor.
Contudo, essa saudade acabou por ser olvidada à medida que o mundo era desbravado e dela só sobejou um vazio. Esse vazio encolerizou mais a alma do que a própria saudade e tornou estéril a imaginação da autora.
Após suplantar a saudade, a autora continua a viajar pelo mundo fora e as viagens realizadas preenchem, de alguma forma, o vazio que a inquieta.
Durante o período de confinamento, a imaginação da autora voltou a ser fecundada pela inércia que pautou este período, culminando em vários poemas, cujos interstícios são povoados por várias reflexões e desabafos.”

Viagens ao Epicentro da Saudade e da Liberdade

11,00 €Preço

    TODOS OS DIREITOS RESERVADOS: Edições Hórus e os respectivos autores 2015-2020