"É-me pedida uma autobiografia, a qual eu não sei fazer, pelo simples facto de que não vivi o suficiente para escrever uma autobiografia...
Uma simples palavra descreve-me, eu sou um nada.
Eu sou um nada que poucas aspirações têm de vir a ser tudo e que sabe que nunca virá a ser 
algo. Eu digo isto com sinceridade. Dada a magnitude cósmica que nos rodeia a todos, o ser humano como espécie não se pode assumir como algo. 
Dada a relativa insignificância do Homem e a minha ainda maior insignificância enquanto membro desta espécie, penso justificar-se a 
maneira como me caracterizo. 
É claro que eu podia dizer algo como "Sou um estudante", mas porquê? O estudo de engenharia que me espera na universidade de 
pouco serve como justificação para me chamar estudante. Sócrates, que muito mais sabia do que eu, dizia que a única coisa que sabia era que nada sabia. Se o sábio Sócrates não sabia nada, então eu posso dizer que a minha sapiência geral, assim como a que eu espero atingir durante a minha vida será um nada infinitamente maior...Honestamente, não sei se me posso caracterizar como poeta, escritor ou artista, pelo simples facto de estas classificações serem difíceis de definir e estarem profundamente 
abertas a discussão. A juntar a este facto, vem a noção que eu sou apenas o produto dos escritos 
que li até hoje, não sendo a minha obra minha, mas uma amálgama das obras que vieram antes... (sem ofensa aos escritores talentosos a 
quem eu me refiro, que sempre escreveram e sempre escreverão melhor do que eu). Escrevo desta maneira a minha curta e insignificante vida. Escrevo de uma maneira muito minha, de uma maneira lúcida e crítica (que só podia vir de um louco como eu). 
Que não se pense que me descrevi 
humildemente, aliás, humilde é uma palavra que a mim não se aplica, até porque eu sempre pensei que sou muito bom a ser nada, superior 
até a algumas pessoas. 
Fica, assim, a minha autobiografia, sendo que não tenho mais que dizer e penso até que escrevi demasiado para descrever o nada..."

Devaneios de um louco de Pedro Ribeiro

REF: 292019
10,00 €Preço

    TODOS OS DIREITOS RESERVADOS: Edições Hórus e os respectivos autores 2015-2020